Laboratório de Controle e Processos de Polimerização
  • Defesa de Dissertação de Mestrado: Fernando Elias Guckert

    Publicado em 13/09/2022 às 10:48

    No dia 12/09/2022 o pesquisador Fernando Elias Guckert defendeu sua Dissertação de Mestardo intitulada “Synthesis of polybutylene succinate by enzymatic transesterification:A study of kinetic behavior and enzymatic stability in the reuse of immobilized lipase“. O objetivo dessa pesquisa foi descrever o comportamento cinético da síntese de Polibutileno Succinato (PBS) através da transesterificação enzimática de dietilsuccinato e 1,4-butanodiol utilizando lipase imobilizada (N435) em reações em massa e solução. Além disso, foi investigada a recuperação e reutilização do biocatalisador em novos ciclos de produção de PBS, para avaliar a atividade enzimática e a estabilidade na reutilização, bem como o grau de polimerização e distribuição da massa molar dos materiais poliméricos obtidos pelo processo de síntese.

     

    “Para as reações em massa, foram utilizados 0,1 mol de cada monômero (DS e BDO), sob agitação de 400 rpm e vácuo de 0,1 atm, avaliando-se o efeito das concentrações de N435 (5, 10 e 20 m/m%) e temperatura (60 a 100 °C). Para as reações em solução, as condições foram similares, avaliando-se a adição de 5 e 50 m/m% de DE no meio reacional. A quantidade de N435 foi fixada em 10 m/m%, avaliando-se as temperaturas de 70, 80 e 90 °C. Em cada sistema, foram selecionadas as melhores condições de síntese para a análise do reuso da N435. As reações em massa apresentaram limitações difusionais das cadeias até o sítio ativo da enzima imobilizada, devido às altas viscosidades do meio nas temperaturas investigadas.

    Nas reações em massa, a condição de melhor desempenho foi com 10 m/m% de N435 a 90 °C. O tempo de reação foi de 90 minutos, obtendo-se 8,08 g de subprodutos (sendo 9,20 o valor estequiométrico) e Mw de 4000 g.mol-1. Nesta condição, o procedimento de reuso apresentou 4 ciclos com boa estabilidade enzimática. A atividade inicial da N435 foi 32,4 U.g-1, decaindo para 3,8 U.g-1 ao final do reuso. Além disso, testes indicaram entupimento dos poros do suporte enzimático por cadeias poliméricas após o reuso, contribuindo para o decaimento da atividade enzimática. Para o sistema em solução, maiores taxas de remoção de etanol foram observadas com 5 m/m% de DE. Limitações viscosimétricas ainda foram observadas nesta condição, decaindo com o aumento das temperaturas de reação. Utilizando-se 50 m/m% de DE, foram observados maiores tempos de reação, devido à menor viscosidade gerada pelo solvente. Porém, quanto maior a diluição, menores taxas de reação foram obtidas. Dessa forma, a condição de 5 m/m% de DE apresentou destaque, com valores de Mw entre 2500 e 3350 g.mol-1, sendo aplicada aos procedimentos de reuso, na temperatura de 70 °C (condição ótima de operação da N435), em reações de 60 minutos. Na presença do DE, os resultados indicaram perda significativa de atividade, onde a atividade enzimática inicial foi 31,1 U.g-1, decaindo para 4,5 U.g-1 após o primeiro ciclo de uso, e 1,9 U.g-1 ao fim de 3 ciclos. Um grande decaimento no rendimento em massa do polímero foi observado, em que o valor inicial foi 74,9 %, decaindo para 16,9 % no 3° ciclo de reuso. Testes adicionais sobre os efeitos do DE em contato com a N435 indicaram interações no suporte da enzima, causando maior porosidade, além da lixiviação da enzima adsorvida no suporte, justificando a perda de atividade da N435. Comparando-se os resultados de reuso da N435, o sistema em massa foi mais eficiente, com maior estabilidade da enzima, enquanto que o uso do solvente aumentou as taxas de perda de atividade”.

    Nossos Parabéns ao novo Mestre e aos orientadores da pesquisa!


  • PósENQ se mantém como Programa de Excelência CAPES, nota 7!

    Publicado em 13/09/2022 às 09:17

    É com grande satisfação que compartilhamos a Avaliação Quadrienal da CAPES (2017 a 2020)! Novamente, com o empenho de todos(as), o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química (PósENQ/UFSC) manteve sua excelência, Nota 7.

    O Parecer da Comissão de área sobre o mérito do PósENQ, segundo o próprio documento da CAPES foi:
    “Trata-se de um programa que já era nota 7 no quadriênio anterior e justifica, segundo a avaliação desta comissão, a manutenção neste nível. Obteve índice muito bom nos três quesitos (programa, formação e impacto social), tanto nos aspectos quantitativos como qualitativos avaliados neste quadriênio. Sendo destaques deste programa o alto índice de bolsistas CNPq de produtividade no corpo docente, produção qualificada e projetos. No grupo dos cursos PPG 5+, se diferenciou em razão da sua inserção internacional, impacto acadêmico e visibilidade”

    A laboração foi árdua, mas o resultado nos transmite a certeza de que estamos no caminho certo, na formação de recursos humanos do mais elevado nível na área de Engenharia Química, colaborando com o desenvolvimento científico e tecnológico do Brasil e do mundo, buscando a ampliação do impacto social e da internacionalização nas atividades diárias do Programa.

    Agradecemos o corpo docente/discente do PósENQ e a Comissão Avaliadora da CAPES pelo sério trabalho desempenhado.

    #OrgulhoDeSerPósENQ

    Fonte: https://posenq.posgrad.ufsc.br/2022/09/12/9268/


  • Pesquisador do LCP desenvolve parte da sua tese de Doutorado no Politécnico di Milano

    Publicado em 06/09/2022 às 08:37

    Entre os meses de março e agosto de 2022, Renato Melo, pesquisador de nível Doutorado do LCP, realizou parte do seu projeto de Tese na Itália, por meio de uma parceria entre os grupos SuPER, sob coordenação do professor Flávio Manenti, e LCP/UFSC gerido pelo professor Dr. Ricardo Antonio Francisco Machado.

     

    Com o apoio da FAPESC, foi possível que o pesquisador desenvolvesse parte da sua pesquisa que é relacionada a inteligência artificial aplicada a processos químicos industriais, fruto da parceria com a Itelyum – Indústria Italiana Especializada em Regeneração de Óleo, onde foram desenvolvidos algoritmos para predição de comportamento de reformador para produção de Hidrogênio.

     

     

    Segundo Renato:

    Foi uma experiência incrível, consegui desenvolver habilidades pessoais e profissionais, uma vez que além de aprender a língua italiana, também desenvolvi o capítulo da minha tese de Doutorado dedicado à inteligência artificial aplicada à Engenharia Química

     


  • Vaga para Pesquisador – Nível Iniciação Científica

    Publicado em 05/09/2022 às 15:34

    O LCP torna público a oferta de vaga para Pesquisador – Nível Iniciação Científica.

    Valor: R$ 400,00

     

    Proposta de Trabalho: “Síntese de monômeros derivados de recursos renováveis e nanopartículas poliméricas biocompatíveis
    Prof. Orientador: Dr. Pedro H. H. Araújo

     

    Pré-requisitos:

    • Graduando em Engenharia Química, Engenharia de Alimentos ou áreas afins;
    • Comprometimento para assumir a bolsa por 1 ano, com início imediato;
    • Disponibilidade de 20 h semanais;

    Interessados entrar em contato pelo e-mail agnertam@gmail.com até dia 08/09/2022.


  • Vaga para Pesquisador – Nível Iniciação Científica

    Publicado em 05/09/2022 às 13:42

    O LCP torna público a oferta de vaga para Pesquisador – Nível Iniciação Científica.

     

    Valor: R$ 400,00

     

    Proposta de Trabalho: “Destilação por Membrana multiestágio para Recuperação de água de Efluentes Têxteis
    Profa. Orientadora: Dra. Cintia Marangoni

     

    Pré-requisitos:

    • Graduando em Engenharia Química, Química ou áreas afins;
    • Comprometimento para assumir a bolsa por 1 ano, com início imediato;
    • Disponibilidade de 20 h semanais;

    Interessados enviar histórico escolar para: cintia.marangoni@ufsc.br até dia 08/09/2022.


  • Vaga para Pesquisador – Nível Iniciação Científica

    Publicado em 05/09/2022 às 13:39

    O LCP torna público a oferta de vaga para Pesquisador – Nível Iniciação Científica.

    Valor: R$ 400,00

     

    Proposta de Trabalho: “Desenvolvimento de Membrana Catalítica Polimérica para Aplicação no Processo de Destilação por Membranas para Recuperação de Águas Residuais Têxteis
    Profa. Orientadora: Dra. Cintia Marangoni

     

    Pré-requisitos:

    • Graduando em Engenharia Química, Química ou áreas afins;
    • Comprometimento para assumir a bolsa por 1 ano, com início imediato;
    • Disponibilidade de 20 h semanais;

    Interessados enviar histórico escolar para: cintia.marangoni@ufsc.br até dia 08/09/2022.


  • Concurso CINCATARINA-SC 2022

    Publicado em 02/09/2022 às 15:56

    Consórcio Interfederativo de Santa Catarina abre concurso com 22 vagas em funções de níveis médio e superior. Os salários variam de R$ 3.223,90 a R$ 6.678,08.

    Saiu o novo edital. O Consórcio Interfederativo Santa Catarina (CINCATARINA) divulgou edital com abertura de concurso público para preenchimento de 22 vagas e formação de cadastro de reserva em diversos cargos de níveis superior e médio, com contratações a serem feitas pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT. A lotação será nos municípios de Florianópolis e Fraiburgo.

    O concurso público será realizado sob a responsabilidade da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – FEPESE que recebe as inscrições até o dia 27 de setembro.

     

    Cargos e vagas do concurso CINCATARINA

    Cargos de nível superior

    • Analista Técnico III (5)
    • Advogado (1)
    • Contador (2)
    • Controlador Interno (1)
    • Economista (1)
    • Enfermeiro (1)
    • Engenheiro Civil (2)
    • Engenheiro Eletricista (1)
    • Engenheiro Mecânico (1)
    • Engenheiro Químico (1)
    • Farmacêutico (1)
    • Nutricionista (1)

    Cargo de nível médio

    • Analista Técnico II (4)

    Os salários variam entre R$ 3.223,90 e R$ 6.678,08, mais auxílio-alimentação no valor de R$ 1.116,85, além de décimo terceiro salário, férias e adicional de férias, adicional por serviço extraordinário, adicional pelo trabalho insalubre ou perigoso, adicional noturno e vale-transporte, por jornada de trabalho de 40 horas por semana.


  • Vaga para Pesquisador – Nível Iniciação Científica

    Publicado em 02/09/2022 às 15:43

    O LCP torna público a oferta de vaga para Pesquisador – Nível Iniciação Científica.

    Valor: R$ 400,00

     

    Proposta de Trabalho: “Desenvolvimento de Membranas Cerâmicas a partir de polímeros pré-cerâmicos
    Prof. Orientador: Dr. Ricardo Antonio Francisco Machado

     

     

    Pré-requisitos:

    • Estar cursando entre 5° e 8° fase;
    • Graduando em Engenharia Química, Química ou áreas afins;
    • Comprometimento para assumir a bolsa por 1 ano, com início imediato;
    • Disponibilidade de 20 h semanais;

    Interessados enviar histórico escolar para: leticia.costa@posgrad.ufsc.br até dia 07/09/2022.


  • Seleção de Bolsistas de Graduação

    Publicado em 02/09/2022 às 08:36

    O professor Rodolfo César Costa Flesch, coordenador do Programa de Formação de Recursos Humanos para o Setor de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (PRH-ANP) intitulado “Formação de Engenheiros em Automação, Controle e Instrumentação para Petróleo, Gás e Biocombustíveis”, torna público o presente edital para o processo seletivo simplificado de seleção de bolsistas de graduação para participarem do programa.

    O Edital com o cronograma e as informações necessárias para a inscrição está disponível no link:

    Edital N.20 – Seleção de Bolsistas de Graduação 2022  

    Para participar do processo seletivo, o(a) candidato(a) deverá enviar os seguintes documentos, conforme consta no edital:


    a) ficha de inscrição (anexo 1 deste edital) preenchida e assinada;
    b) cópia do currículo Lattes atualizado;
    c) cópia da carteira de identidade;
    d) cópia do cadastro de pessoa física (CPF);
    e) cópia do histórico escolar de graduação;

    A inscrição no processo seletivo ocorre por meio do envio desses documentos digitalizados para o e-mail prh.automacao@contato.ufsc.br. No assunto do e-mail deverá constar: “Inscrição graduação 2022 – ”, sem as aspas, seguido do nome do candidato.

    Por exemplo, o candidato Fulano de Souza deve enviar e-mail com o assunto “Inscrição graduação 2022 – Fulano de Souza”.

    As inscrições devem ser efetivadas até o dia 9/9/2022.

    horário e local das entrevistas serão informados na página do Programa PRH 2.1 na Internet: prhautomacao.ufsc.br


  • Defesa de Tese de Doutorado: Jeovandro Maria Beltrame

    Publicado em 29/08/2022 às 14:14

    No dia 26/08/2022 o pesquisador Jeovandro Maria Beltrame defendeu sua Tese de Doutorado intitulada: “Modification of Polyesters for the Production of Nanomaterials with Biomedical Applications

    “A necessidade de novos dispositivos inteligentes e projetados para mimetizar propriedades e comportamentos biológicos vem despertando constante interesse para o desenvolvimento de dispositivos que visam as aplicações biomédicas. O uso de polímero com características biocompatível e biorreabsorvível possui um interesse particular para aplicações biomédicas. Nesse sentido, poliésteres emergem como uma das classes de polímeros mais estudadas e promissoras para estas aplicações, devido a sua capacidade de serem biorreabsorvidos e/ou biodegradados, além de serem biocompatíveis.

    A polimerização de poliésteres por abertura de anel pode ser realizada por enzimas, consideradas catalisadores “verdes”, visto que o seu uso não gera resíduos tóxicos e a reação pode ser conduzida em condições brandas de forma eficiente. Adicionalmente, quando os poliésteres possuem insaturações estas podem ser modificadas, o que possibilita a incorporação de moléculas por ligação covalente com o viés de proporcionar uma redução na hidrofobicidade e cristalinidade dos polímeros.

    Logo, este trabalho relata a síntese de poli(globalide-co-ε-caprolactona) (PGlCL) por polimerização por abertura de anel via enzimática (e-ROP) e sua posterior modificação com NAC e Cys, permitindo o desenvolvimento de biomateriais inteligentes viabilizando a liberação enzimática acionada em pH controlado”.

     

    Nossos Parabéns ao novo Doutor e aos orientadores da pesquisa!


  • Defesa de Tese de Doutorado: Heloisa Ramlow

    Publicado em 26/08/2022 às 10:23

    No dia 25/08/2022 a pesquisadora Heloisa Ramlow defendeu sua Tese de Doutorado intitulada: “Polysilazane-derived electrospun SiCN fiber mats: characterization and application in electromagnetic field shielding and electrochemical energy storage”, cujo objetivo foi caracterizar e aplicar tapetes fibrosos de SiCN em armazenamento de energia e blindagem eletromagnética.

    “Neste trabalho, a eletrofiação do polissilazano foi otimizada por meio de uma abordagem estatística para a obtenção de fibras mais finas. A evolução do polímero para cerâmica a alta temperatura e o material resultante após pirólise foram avaliados por análises térmicas e técnicas de espectroscopia e difração de raios X. Os tapetes fibrosos de SiCN foram testados como absorvedores de campos eletromagnéticos e como eletrodos de bateria íon-lítio.

    As vantagens de utilizar cerâmicas derivadas de polímeros moldadas por eletrofiação foram comprovadas por meio do controle da composição e da estrutura molecular da cerâmica e da morfologia das fibras. As aplicações dos tapetes fibrosos de SiCN comprovadas nesta tese inspirarão o trabalho futuro no campo de cerâmicas avançadas”.

    Nossos Parabéns à nova Doutora e aos orientadores da pesquisa. 


  • Defesa de Dissertação de Mestrado: Nathalia de Oliveira Azevedo

    Publicado em 24/08/2022 às 10:30

    No dia 23/08/2022 a pesquisadora Nathalia de Oliveira Azevedo defendeu sua Dissertação de Mestrado intitulada: “Obtenção de Hidrogéis de PVP- Ágar por Irradiação Micro-ondas Incorporados com Compostos Bioativos“.

    “Os hidrogéis são materiais poliméricos formados por uma rede tridimensional reticulada, estabelecida através de ligações covalentes ou interações não covalentes. São produzidos a partir de materiais naturais ou sintéticos, contendo de 10% a 98% de água em sua composição, gerando uma estrutura inchada, altamente porosa. Possuem a capacidade de intumescer e reter água ou fluidos, sendo aplicados a produtos higiênicos, agricultura, sistemas de liberação de drogas, vedação, produtos farmacêuticos, aplicações biomédicas, engenharia de tecidos, curativos, entre outros.

    Neste estudo, a polivinilpirrolidona (PVP) e o ágar foram utilizados em meio aquoso para obtenção de um hidrogel, por reticulação via aquecimento convencional e via reator de micro-ondas, ambos na mesma temperatura e com a presença de iniciador.

    A partir deste ponto, comparações entre os métodos de aquecimento convencional e irradiação micro-ondas foram estudados. Após, análises de fração de gel e intumescimento permitiram ao hidrogel incorporar o extrato da folha de Acca sellowiana (O. Berg) Burret. Então, propriedades morfológicas e reológicas foram investigadas”.

    Nossos Parabéns à nova Mestra e aos orientadores da pesquisa.


  • Udesc lança concurso público com vagas de professor efetivo em Joinville

    Publicado em 22/08/2022 às 08:26

    A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) lançou o edital do concurso público 01/2022, para professor efetivo, com inscrições gerais entre 15 de agosto e 13 de setembro.

    A taxa de inscrição é de R$ 200, via boleto, mas há a possibilidade de isenção para doadores de sangue e/ou medula, voluntários da Justiça Eleitoral e jurados que atuam no Tribunal do Júri no âmbito do estado de Santa Catarina, com prazo de 15 a 25 de agosto.

    A remuneração inicial de professor da Udesc no regime de trabalho de 40 horas é de R$ 8.640,96 para candidatos com mestrado e de R$ 11.234,24 para quem tem doutorado. Além disso, os docentes contratados pela universidade terão auxílio-alimentação de R$ 29,25 por dia útil trabalhado.

    Maiores informações e acesso ao edital: https://www.udesc.br/concursopublico/012022

     


  • Retorno das defesas no formato semipresencial – Defesa de Dissertação de Mestrado: Tailin Rieg

    Publicado em 15/08/2022 às 08:52

    No dia 12/08/2022 aconteceu mais uma defesa de Dissertação de Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química (Pós-ENQ) e dessa vez, marcou-se o retorno das defesas no formato semipresencial.

    A pesquisadora Tailin Rieg defendeu sua dissertação intitulada Chitosan-Gelatin Beads Containing Copaiba Oil By Nanoemulsion Complex Coacervation, a qual tinha como objetivo o desenvolvimento de uma nanoemulsão de óleo de copaíba seguida de encapsulação com coacervados do complexo gelatina/quitosana, visando aumentar a estabilidade e biodisponibilidade do óleo.

    “Primeiramente, o desenvolvimento da nanoemulsão foi avaliado por espalhamento dinâmico de luz (DLS) e aprimorado através da avaliação de diferentes variáveis ​​de processamento. Diâmetro médio de partícula de 281,6 ±  5,813 nm e PdI de 0,293 ±  0,006 foram alcançados após homogeneização a 13.000 rpm por 6 min. A determinação do potencial Zeta foi realizada para avaliar a estabilidade da emulsão. O resultado sugeriu que a gelatina cobriu a superfície das nanocápsulas e legitimou a incorporação adicional de polissacarídeo catiônico para coacervação complexa. A formação de partículas coacervadas foi investigada em três proporções diferentes de quitosana para gelatina (CS:G) (1:15, 1:10 e 1:5) em pH 5,0. Complexos solúveis foram formados a uma razão CS:G de 1:15. Nas condições testadas, a formação de coacervados foi levemente maior na razão CS:G de 1:10 (89%). Os resultados sugeriram a influência da razão mássica dos biopolímeros para o rendimento de coacervação bem como para as morfologias de encapsulamento. Imagens de microscopia óptica e espectros de FTIR indicaram a incorporação de gotículas de óleo de copaíba pelo processo de coacervação, e esferas multinucleadas foram evidenciadas pela primeira análise. O encapsulamento do óleo de copaíba por esferas de coacervados de quitosana e gelatina foi também apontado a partir das imagens obtidas por microscopia eletrônica de transmissão”.

    Em resumo, este trabalho desenvolveu um sistema de coacervado formado sem o uso de agentes químicos de reticulação como uma abordagem eficiente para encapsulamento de nanoemulsão de óleo de copaíba.


    Nossos Parabéns à nova Mestra e aos professores orientadores da pesquisa.


  • Aprovado o Projeto de Dupla Diplomação entre PósENQ/UFSC e FAU Erlangen-Nuremberg

    Publicado em 11/08/2022 às 14:19

    resultado final do Edital de Chamada Pública FAPESC Nº 24/2022 referente ao Programa de Fomento a Cursos de Doutorado com Dupla Diplomação de Instituições de Ensino Superior do Estado de Santa Catarina foi divulgado em 5 de agosto. Foram aprovados 4 projetos, sendo 2 deles da UFSC. O projeto “Doutorado em Engenharia com Dupla Diplomação UFSC-FAU/Alemanha” é coordenado na UFSC pela Prof. Débora de Oliveira, liderado pelo PósENQ, com participação do PGMAT, ambos com conceito 7 na CAPES. O projeto conta com a parceria internacional da Friedrich-Alexander-Universität Erlangen-Nürnberg (FAU), Alemanha, sob coordenação do Prof. Aldo Boccaccini. Serão beneficiados prioritariamente, com bolsas e passagens respectivas, até 6 doutorandos da UFSC e da FAU, que deverão fazer estágios de até 12 meses nas universidades anfitriãs. Além desses estudantes bolsistas, outros discentes de Mestrado e Doutorado serão incentivados a participar de atividades de intercâmbio entre as universidades parceiras, através do compartilhamento de disciplinas e orientadores.

    Além disso, serão beneficiados, com bolsas respectivas, até 6 docentes do PósENQ que oferecerão disciplinas, na língua inglesa, a estudantes brasileiros e alemães. Atualmente, as disciplinas em inglês disponíveis no PósENQ pertencem tanto ao elenco de obrigatórias (*) quanto ao de eletivas:

    • Advanced Chemical Reaction Engineering
    • Biochemical Engineering (*)
    • Biological Waste Treatment
    • Emulsion and Miniemulsion Polymerization Processes
    • Kinetics of Chemical Processes (*)
    • Polymeric Nanomaterials Characterization
    • Principles of Ceramics Processing
    • Transport Phenomena (*)

    A UFSC e a FAU têm um histórico de mais de 20 anos de cooperação na área de Engenharias. Inclui-se como resultado dessa cooperação uma tese desenvolvida em regime de cotutela entre o PGMAT e a universidade alemã, defendida e aprovada em 2020 por Tobias Benitez. A partir do financiamento da FAPESC, a ideia desse projeto é facilitar os trâmites burocráticos e a mobilidade interinstitucional a partir da implementação de uma Convenção Geral entre a UFSC e a FAU para a dupla diplomação de doutorado, cuja minuta já foi elaborada e está em trâmite nas respectivas instituições.

    Ao final do projeto, os(as) estudantes que atenderem os requisitos exigidos pelas universidades signatárias da Convenção, receberão, respectivamente, os títulos de “Doutor em Engenharia Química” ou “Doutor em Ciência e Engenharia de Materiais” por parte da UFSC e de “PhD in Engineering” (“Doktor der Ingenieurwissenschaften” – Dr.-Ing.), por parte da FAU.


  • Estudantes de iniciação cientifica do LCP foram premiados por melhores trabalhos apresentados no II Web Encontro Nacional de Engenharia Química

    Publicado em 25/07/2022 às 08:54

    Estudantes de iniciação cientifica do Laboratório de Controle e Processos de Polimerização foram premiados por melhores trabalhos apresentados no II Web Encontro Nacional de Engenharia Química, que ocorreu nos dias 18 a 22 julho, de maneira virtual. Foram dois trabalhos completos premiados na área temática “Energia, Petróleo, Gás e Biocombustíveis”.

    Um dos trabalhos premiados, no II Web Encontro Nacional de Engenharia Química foi o intitulado “Pirólise da casca do cupuaçu: estudo do comportamento térmico e análise dos produtos voláteis pela técnica simultânea de TGA−FTIR”, desenvolvido pela estudante de Bacharelado em Engenharia Química Samaira Kraus, sob orientação do Dr. José Luiz Francisco Alves, estagiário no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, em nível de pós-doutorado, e coorientação da Professora Cintia Marangoni, do Departamento de Departamento de Engenharia Química e de Engenharia de Alimentos, ambos pesquisadores do LCP. O objetivo do presente estudo foi investigar os produtos voláteis liberados a partir da pirólise da casca de cupuaçu com base em um sistema TGA-FTIR acoplado.

    Confira a apresentação do referido trabalho aqui: https://youtu.be/HS_mTvMntqs?t=5387

    Também nesta mesma área temática, foi premiado o trabalho intitulado “Avaliação da potencialidade energética e da combustibilidade do resíduo da erva-mate visando sua valorização”, desenvolvido pelo estudante de Bacharelado em Engenharia Química Eduardo Carpes Dib, sob orientação da Professora Cintia Marangoni, do Departamento de Departamento de Engenharia Química e de Engenharia de Alimentos, e coorientação do Dr. José Luiz Francisco Alves, estagiário no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, em nível de pós-doutorado, ambos pesquisadores do LCP. O objetivo do presente estudo foi investigar foi analisar o potencial do resíduo da erva mate, a borra de chimarrão, como biomassa para a produção de bioenergia, avaliando as suas propriedades de energéticas e de combustão.

    Confira a apresentação do referido trabalho aqui: https://youtu.be/HS_mTvMntqs?t=6400

    Os nossos Parabéns aos ICs e à toda equipe envolvida nos trabalhos!


  • Visita do Professor Gurpreet Singh e oportunidade de intercâmbio na Kansas State University (EUA)

    Publicado em 10/05/2022 às 12:14

    No dia 16/5/2022, o prof. Gurpreet Singh estará visitando o EQA/UFSC, trazendo uma oportunidade de intercâmbio no seu grupo de pesquisa na Kansas State University (EUA), com possibilidade de auxílio financeiro.

    O prof. Gurpreet trabalha com desenvolvimento de novos materiais para aplicações, principalmente, em baterias íon-lítio e supercapacitores.

     

     

    Para quem tiver interesse na vaga, às 14h deste mesmo dia será realizado um encontro com o professor no Auditório 2 do EQA. A doutoranda Heloisa Ramlow, que esteve recentemente realizando intercâmbio na Kansas State University, também estará presente neste encontro e ajudará a tirar dúvidas dos possíveis interessados.

    Seguem alguns links com mais detalhes:  https://scholar.google.com/citations?user=tnUO0zoAAAAJ&hl=enhttps://www.mne.k-state.edu/people/faculty/singh/


  • Palestra e Minicurso Prof. Jose R. Leiza no âmbito do subprojeto PrInt-CAPES/UFSC coordenado pelo PósENQ

    Publicado em 24/02/2022 às 20:07

    No âmbito do Projeto PrInt-CAPES/UFSC, o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química tem o prazer de convidá-los para participar das atividades que serão ministradas de forma presencial pelo Prof. Jose R. Leiza do Instituto POLYMAT (Institute of Polymer Materials) da Universidade do País Basco – Espanha durante sua visita ao EQA.

     

    O Prof. Jose R. Leiza é Professor Catedrático da Universidade do País Basco, e atuou como diretor do POLYMAT de 2011 a 2020. Seus interesses de pesquisa atuais incluem, principalmente, reações de polimerização em meio disperso, nanocompósitos híbridos inorgânicos/polímeros à base de água para revestimentos anticorrosivos, polimerização de monômeros solúveis em água como aditivos para concreto, monômeros de fontes renováveis e sua aplicação para a produção de novos adesivos e revestimentos, e eletrofiação de látex poliméricos

    Atividades programadas pelo Prof. Jose R. Leiza durante sua estadia na UFSC:

    Palestra: Biobased waterborne Pressure-sensitive adhesives with excellent performance and novel functionalities

    Data: segunda-feira 07 de março

    Horário: 14h00

    Local: Auditório I do Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos

    Público-alvo: Estudantes de graduação e pós-graduação da UFSC

    Minicurso: Emulsion Polymerization

    Data: 8, 9 e 10 de março

    Horário: 8h20 – 10h20

    Local: Sala 21 do Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos (EQA021)

    Público-alvo: Estudantes de graduação e pós-graduação da UFSC

    > Link para inscrição: https://forms.gle/baPYDDqVrsqVTZwX7

    Programação:

    8 de março | Emulsion Polymerization Part A: Main characteristics and commercial polymers; Formulation ingredients: Initiators and surfactants; Physical description; The concept of compartmentalization and its implications.

    9 de março | Emulsion Polymerization Part B: Kinetics of emulsion polymerization; Average number of radicals per particle; Monomer partitioning; Particle nucleation.

    10 de março | Emulsion Polymerization Part C: Molecular Weight Distribution (MWD); Specificities of MWD in emulsion polymerizations; Experimental determination of MWD; Gel content; Crosslinking density.


  • Embalagem O Boticário impressa com tecnologia desenvolvida em parceria com o LCP

    Publicado em 07/02/2022 às 19:19

    Para oferecer maior segurança para quem se dispõe a ir até uma de suas lojas físicas, O Boticário se tornou a primeira empresa a utilizar amostras de perfumes e maquiagem com superfície protegida contra vírus e bactérias, desenvolvida pela Adhespack, pioneira no mundo em amostragem antiviral.

    “Estamos desde o início da pandemia buscando garantir uma experiência completa entre o consumidor e a marca, sem perder a emoção e a nossa conexão com os momentos marcantes na vida do brasileiro, porque nosso setor gira em torno do sensorial, passa por cheiro, toque”, afirma Gustavo Fruges, diretor de brand experience do Grupo Boticário, que cita outras medidas também adotadas nas lojas, como equipamentos UVC para higienização de produtos tester.

    Fruges explica que o grupo já oferecia aos clientes as etiquetas para experimentação, com adesão opcional para a loja. “O ponto de contato entre mãos e nariz é bastante sensível e responsável pelo contágio, não apenas da Covid-19, mas de outras doenças virais e bacterianas. Assim, o verniz antiviral foi uma ótima solução, pois evita a contaminação cruzada por contato de vírus e bactérias”.

    Eficácia comprovada

    Sergio Picciarelli, diretor de marketing e inovação da Adhespack, conta que as amostras com proteção contra vírus e bactérias foram lançadas em setembro na Luxe Pack Mônaco 2021. O produto foi submetido a testes que atendem duas normas internacionais (JIS Z 2801:2000 e ISO 21702:2019), que comprovaram a eficácia da tecnologia aplicada na superfície das amostras na prevenção contra a contaminação por bactérias e vírus, incluindo o alfacoronavírus Sars-CoV-2, que é da mesma família do vírus que causa Covid-19.

    A proteção extra, segundo o executivo, pode ser aplicada à linha standart da Adhespack, que já apresenta a vantagem de ser segura, higiênica e individual. “Os testes mostraram que os vírus e bactérias são incapazes de se fixar ou se multiplicar na superfície das amostras que receberam a nanotecnologia, minimizando os riscos de contaminação cruzada no caso de uma pessoa compartilhar sua amostra”, garante.

    Tendências em amostragem

    Fruges acredita que uma forte tendência são as tecnologias que permitam a experimentação segura de produtos no mercado de beleza, garantindo um ambiente ainda mais confortável para consumidores e vendedoras das lojas. O Grupo segue todos os protocolos de segurança, como manuseio de produtos restritos às vendedoras, higienização constante com álcool 70 e uso de placas metálicas e pincéis descartáveis individuais que deixaram a experimentação dos produtos individualizada. “Agora, de forma inédita, lançamos um método capaz de garantir uma experimentação ainda mais segura com a implementação da tecnologia com luz ultravioleta C de alta potência para esterilização e desinfecção dos produtos de testes, inclusive, eliminação do vírus da Covid-19 de batons e maquiagens que são utilizados pelos clientes”.
    Para o diretor do Grupo Boticário, o setor de beleza é essencialmente sensorial, dependendo, muitas vezes, da entrega desses sentidos para a escolha do produto. “Assim, estamos nos preparando para essa nova realidade com objetivo de promover experiências de compra 100% seguras. E isso vai para além de produtos, pois queremos fazê-las de forma responsável sempre prezando pelo cuidado de todos, do início ao fim do processo”.

    A etiqueta antiviral pode ser encontrada nas lojas do Grupo Boticário de todo Brasil que optaram pela adesão da tecnologia. “A Adhespack está na vanguarda e já oferece há muito tempo soluções seguras, higiênicas e individuais e agora desenvolveu uma linha com uma proteção extra”, completa Picciarelli.

    Informações retiradas de https://cosmeticinnovation.com.br/o-boticario-e-a-primeira-empresa-a-usar-amostras-com-tecnologia-antiviral/


  • Edital PósENQ 2022.I – Prorrogação

    Publicado em 27/01/2022 às 19:45

    O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da UFSC informa que prorrogou o prazo de inscrições para o Processo Seletivo 2022.I, vagas para Mestrado e Doutorado com início no 1º trimestre, para o dia 04 de fevereiro de 2022.

    Para maiores informações basta acessar o: https://posenq.posgrad.ufsc.br/processo-seletivo/edital-de-processo-seletivo-2022-i/.