Polimerização via Enzimática

Esta linha de pesquisa do LCP busca contribuir com estudos relacionados à síntese de polímeros utilizando tecnologias limpas. Enzimas podem ser utilizadas como catalisadores biológicos na síntese de polímeros, apresentando uma série de vantagens. O uso de enzimas não deixa resíduos tóxicos no polímero sintetizado. Além disso, reações de polimerização enzimática podem ser conduzidas sob condições amenas de temperatura, e as enzimas (quando imobilizadas em suporte), podem ser reutilizadas. Desta forma, o avanço nas pesquisas na linha de polimerização enzimática vem tornando economicamente mais viável o desenvolvimento de polímeros livres de resíduos tóxicos para aplicações nas áreas biomédica, farmacêutica e de alimentos, por exemplo.